A bicicleta pode ficar na vaga da garagem se não atrapalhar?

O uso das bicicletas tem se tornado uma excelente alternativa para o trânsito que só parece crescer. Com o aumento desse meio de transporte, os condomínios precisam de algumas mudanças para atender seus moradores, pois um dos problemas mais frequentes é a questão do uso das vagas de garagem, que costumam gerar inúmeras tensões entre os vizinhos, principalmente porque a legislação pertinente não é muito clara quanto ao assunto. 

Regulamento Interno e Legislação

Por norma, a convenção diz que apenas veículos podem ficar ali – e geralmente um por vaga. Mas isso não impede que os moradores convoquem uma assembleia para debater a situação e realizar as alterações necessárias, aprovando ou não o uso da garagem para guardar bicicletas.

A convenção do condomínio e o regulamento devem ser bastante claros com relação ao uso correto da garagem. Lembrando que caso seja aprovado, isso nunca não pode interferir na vaga do outro condômino.

Roubos e furtos 

Esse é um ponto desagradável e acontece muitas vezes. Se um roubo ou furto ocorrer,  saiba que a responsabilidade não é do condomínio. Quem deve ser responsável pela guarda da bicicleta é o condômino!

Biciletario Suspenso Pedio

Uma boa solução

A criação de um bicicletário pode ser a melhor solução ao invés de deixá-las nas  vagas de garagem. Além disso, garante um maior conforto para os moradores e segurança para as bicicletas.

Qual modelo de bicicletário escolher?

São 2 os modelos mais comuns:

Bicicletário Suspenso:

Prós: É o mais indicado e pode acomodar até 20 bicicletas. Além de ocupar menos espaço. Caso o seu condomínio não tenha um espaço exclusivo para a instalação, também existe o modelo individual, onde pode-se instalar um suporte exclusivo por vaga. 

Contras: Pode ser mais difícil guardar a bicicleta, visto que será preciso levanta-la para colocar no suporte.

Bicicletário de Chão:

Prós: Por ser instalado no chão, é bem mais fácil de estacionar as bikes.

Contras: Esse modelo ocupa um pouco mais de espaço, assim precisa de um local específico para a instalação.

Biciletrario De Piso Predio

Conclusão

O primeiro passo é discutir o tema com os condôminos em assembleia. Saber quantos moradores tem bicicletas, se tem a real necessidade da aprovação, onde poderiam ser guardadas as bikes e se o condomínio tem espaço para criar um bicicletário caso seja necessário.