Problemas em condomínios nos dias de chuvas

Para que o seu condomínio enfrente os períodos de chuvas com segurança, não temos como deixar de falar da importância das ações preventivas, manutenções e plano de contingência.

Problemas de enchentes, desabamentos, queda de árvores e raios deixam vítimas e comprometem a rede de energia elétrica e internet. Nos condomínios, a situação não é tão diferente e o assunto chama a atenção de síndicos e gestores para a necessidade de conservação da infraestrutura e das manutenções.

Para evitar transtornos, o principal e mais importante, é a contratação de uma empresa de Portaria Virtual que realize uma perícia técnica com intuito de preparar os condomínios para as épocas de chuvas, que efetue uma manutenção preventiva mensal e tenha um SLA de manutenção corretiva rápido e eficaz, como no caso da White Portaria Virtual, que atende os chamados com tempo médio de 45 minutos.

Se o seu condomínio possui portaria virtual ou portaria remota, o síndico deve fazer uma reunião com a empresa para se certificar que nenhum equipamento tecnológico esteja ultrapassado e/ou obsoleto. É extremamente importante que à sua portaria virtual seja de sexta geração, hoje a versão mais moderna de portaria à distância até o momento no mercado.

Dia De Chuva Predio Portaria Remota

É imprescindível também que o síndico tenha um plano de contingência customizado para o seu condomínio que inclua medidas para os dias de chuva forte e situações de alagamento.

Fique atento e não se esqueça de colocar os seguintes itens do checklist de verificação:

  • Analisar telhados, luz piloto (no topo do prédio) e antenas.
  • Limpeza dos ralos, grelhas, calhas nos subsolos, térreo e barrilete (topo do prédio).
  • Analisar a saúde das árvores, arbustos e solicitar na prefeitura as devidas podas. Caso suspeite de risco de queda, acione a prefeitura.
  • Revisar motores de portão de garagem.
  • Revisão geral do gerador com troca de óleo, filtros e limpeza do tanque de combustível, após abastecer.
  • Testar e verificar todo o sistema de iluminação de emergência, com revisão de lâmpadas e, em caso de baterias, se estas estão com vida útil adequada, caso contrário providenciar a troca.
  • Conferir as bombas que fazem a retirada de água do prédio, as bombas de poços.
  • Revisar o sistema de segurança abastecido pelo gerador, em caso de falta de energia.
  • Revisar os portões, verificar se o sistema elétrico/eletrônico está protegido das chuvas e aterrado, além de estar sendo alimentado pelo gerador em caso de falta de energia.
  • Verificar a fixação de barreira mecânica.
  • Verificar as condições de limpeza e impermeabilização de respiros de subsolos.